Mostrando postagens com marcador movimento. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador movimento. Mostrar todas as postagens

Movimento - Valorize a ARTESÃ do Brasil

Movimento -  Valorize a ARTESÃ do Brasil

Minhas leitoras, lanço hoje o Movimento contra o fruto da indignação das artesãs, que é a desvalorização do artesanato, que possui várias causas, entre elas, a  mecanização existente em nosso sistema Capitalista.
O artesanato no Brasil é muito desvalorizado, ao contrário de outros países, conheço artesãs que até usam a palavra inglesa Craft para identificar o artesanato, já que muitas vezes, a palavra brasileira tem até mesmo um sentido pejorativo, apesar de começar com Artesanato.
A nossa arte é única, feita pelas nossas mãos, que é um talento que cada uma nós possuí para criar, usando técnicas das mais variadas, mas coloco em evidência, o tricot e o crochet, minhas técnicas preferidas.
Com isso coloco a imagem acima para que levem para seus blogs, facebook, twitter ou email .
Vamos fazer uma Campanha que permita que as pessoas sejam mais bem informadas, que é um direito  e dever de toda artesã\artista- O nosso Artesanato.

#Juntassomosmaisforte #ValorizeasartesãdoBrasil


E para quem não sabe, o estopim desse movimento foi uma cena da novela de rede Nacional, em que a personagem Maria Marta, desfaz de uma toalha de mesa em crochet, com o seguinte comentário:
Toalha de crochet, hahaha, acho que não vejo uma dessas desde o tempo da minha vó...

Para assistir a cena basta clicar no link abaixo:

Link enviado pela leitora Magda que apoia a causa da nossa valorização. 

Abaixo, coloco a carta na íntegra enviada ao autor da novela Império da Rede Globo:

Olá Aguinaldo...
Venho através deste comentário dar ênfase a indignação das artesãs\artistas do Brasil, pois no capítulo de Terça-feira, dia 12 de Agosto, a personagem de Maria Marta ( a queridíssima Lília Cabral) faz um comentário infeliz sobre uma toalha de mesa feita em crochet,  na casa da Cristina (Leandra Leal) .
Bem, para quem usa das redes sociais, terá visto a indignação a qual me refiro,nas novelas brasileiras, geralmente colocam o crochê, o fuxico, como coisa de pobre. Reparem nos cenários de pessoas simples. é sempre assim. E, na contramão dessa prática , a moda carioca insere as mesmas artes como fonte de inspiração e movimenta e insere mais pessoas no mercado de trabalho. é irritante essa visão de que tricô, crochê e outras artes manuais, são " coisa de gente velha, e arte ultrapassada. Isso é arte pura, que exercita a criatividade.
O nosso movimento é sério, e peço gentilmente que seja feita uma correção de uma ideia depreciativa e que invade todos os lares brasileiros, sobre uma classe que apesar de todos os intempéries , sobrevive, cria e é conhecida e admirada , sem mais...