;
Mostrando postagens com marcador squares de crochet. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador squares de crochet. Mostrar todas as postagens

Square com flor 3D e a poesia de flor dos Titãs


Square com flor 3D  e a poesia de flor dos Titãs

Square com flor 3D  e a poesia de flor dos Titãs

Square com flor 3D  e a poesia de flor dos Titãs

Square com flor 3D  e a poesia de flor dos Titãs

Este square em flor é delicado e dependendo das cores escolhidas para a peça, fica muito especial...


Olhei até ficar cansado
De ver os meus olhos no espelho
Chorei por ter despedaçado
As flores que estão no canteiro
Os punhos e os pulsos cortados
E o resto do meu corpo inteiro
Há flores cobrindo o telhado
E embaixo do meu travesseiro
Há flores por todos os lados
Há flores em tudo que eu vejo

A dor vai curar essas lástimas
O soro tem gosto de lágrimas
As flores têm cheiro de morte
A dor vai fechar esses cortes
Flores
Flores
As flores de plástico não morrem

Olhei até ficar cansado
De ver os meus olhos no espelho
Chorei por ter despedaçado
As flores que estão no canteiro
Os punhos e os pulsos cortados
E o resto do meu corpo inteiro
Há flores cobrindo o telhado
E embaixo do meu travesseiro
Há flores por todos os lados
Há flores em tudo que eu vejo

A dor vai curar essas lástimas
O soro tem gosto de lágrimas
As flores têm cheiro de morte
A dor vai fechar esses cortes
Flores
Flores
As flores de plástico não morrem
Flores
Flores
As flores de plástico não morrem

Square com flor 3D  e a poesia de flor dos Titãs

Square com flor 3D  e a poesia de flor dos Titãs

Square com flor 3D  e a poesia de flor dos Titãs

Square com flor 3D  e a poesia de flor dos Titãs

Square com flor 3D  e a poesia de flor dos Titãs

Square com flor 3D  e a poesia de flor dos Titãs

Crochet Circle ou Círculo em Crochet e o Garoto no Convés

Crochet Circle ou Círculo em Crochet e o Garoto no Convés

Crochet Circle ou Círculo em Crochet e o Garoto no Convés

Crochet Circle ou Círculo em Crochet e o Garoto no Convés

Crochet Circle ou Círculo em Crochet e o Garoto no Convés


Esse motivo em crochet Circle pode ser usado em vários projetos, tanto para fazer uma colcha ou até mesmo acessórios para a casa , como porta copos.
Comprei o livro que está servindo de base para a minha foto, e indico, é maravilhoso, adoro o escritor, John Boyne, já li vários de seus romances que foram publicados no Brasil, e a sinopse e um pouco sobre o autor está abaixo...

O garoto no Convés

Em abril de 1789, semanas após concluir no Taiti uma curiosa missão com fins botânicos "coletar mudas de fruta-pão para alimentar os escravos nas colônias inglesas", o navio de guerra britânico HMS Bounty foi palco de uma revolta de parte da tripulação contra o capitão William Bligh, que acabou deixado à própria sorte em um bote em alto-mar junto com os marinheiros ainda fiéis a seu comando. Sem provisões e instrumentos de navegação adequados, o grupo enfrentou 48 dias de duras provações até alcançar a costa do Timor. O episódio inspirou numerosos livros e filmes.

Neste livro, a história da expedição é narrada do ponto de vista de John Jacob Turnstile, um garoto de Porstmouth, sul da Inglaterra, que sofre abusos de toda sorte, inclusive sexuais, no orfanato e pratica pequenos furtos nas ruas da cidade. Detido pela polícia após roubar um relógio, é salvo pela própria vítima do roubo quando esta lhe faz uma proposta: em vez de ficar encarcerado, embarcaria no HMS Bounty para passar pelo menos dezoito meses como criado particular do respeitado capitão Bligh. 

Turnstile aceita a barganha, planejando fugir na primeira oportunidade. Mas a rígida disciplina da vida no mar e uma relação cada vez mais leal com o capitão transformarão sua vida para sempre. É pela voz desse adolescente insolente e sagaz, mas ao mesmo tempo frágil e ingênuo, que o leitor acompanhará uma viagem repleta de intrigas, tempestades intransponíveis, cenários exóticos e lições de lealdade, paixão e sobrevivência.

john boyne



















John Boyne - Nasceu na Irlanda, em 1971, e mora em Dublin. Escreveu outros seis romances e foi traduzido para mais de quarenta idiomas. Seu livro mais célebre, O menino do pijama listrado (2007) lhe rendeu dois Irish Book Awards, vendeu mais de 5 milhões de exemplares pelo mundo e foi adaptado para o cinema em 2008.
Saiba mais informações em seu website.

Triângulo de Corações e uma poesia portuguesa


Triângulo  de Corações  e uma poesia portuguesa

Triângulo  de Corações  e uma poesia portuguesa

Triângulo  de Corações  e uma poesia portuguesa

Triângulo  de Corações  e uma poesia portuguesa

Triângulo  de Corações  e uma poesia portuguesa
Quem não gosta de uma  mini toalhinha para alegrar o lar, está ainda quando unida com outros triângulos, pode ser qualquer outra coisa, é só usar a criatividade, usei linha fina nas cores verde claro e lavanda, ou salmon, como preferir...

Agora tenho de escrever sobre a palavra triângulo...

Não podia ter sido ângulo?
Não seria bem mais fácil?
E talvez neste rectângulo
minha escrita fosse ágil!...

Quase me sinto sonâmbulo
(desconhecendo o seu sentir),
depois de alguns dias febris
deste corpo, que é o meu...
está dorido no seu todo,
deste lado e daquele,
ou seja de um e outro ângulo,
que nestes últimos tempos,
nunca tanto me doeu.

Mas a escrita a desenvolver
é sobre a palavra triângulo,
por isso vamos esquecer
o evoluído e aludido ângulo.

De que artimanhas me devo dotar,
nesta fase menos inspiradora,
em que procuro não agravar
o meu estado nesta hora!...

Bom o triângulo...
é um conjunto de três ângulos
(lá estão os ângulos, outra vez...)
inseridos numa figura geométrica,
de três lados, que se dá pelo referido nome...

Não ficou nada de encantar,
nem nisso encontrei sentido...
mas a brincar, a brincar,
o triângulo está lá contido!...

António MR Martins

Memórias de Emília e mais um Hexágono Colorido


Memórias de Emília e mais um Hexágono Colorido

Memórias de Emília e mais um Hexágono Colorido

Memórias de Emília e mais um Hexágono Colorido

Memórias de Emília e mais um Hexágono Colorido

Memórias de Emília e mais um Hexágono Colorido


Mais um Hexágono em crochet e para ajudar na Inspiração, com o colorido e humano personagem de Monteiro Lobato, Emília, sempre Emília.


Emília, na trama criada por Lobato, foi feita por Tia Nastácia para a menina Narizinho. Nasceu muda e é curada pelo dr. Caramujo, que lhe receitou uma "pílula falante". Emília, então, desembesta a falar: "Estou com um horrível gosto de sapo na boca!".
Narizinho, preocupada, pediu ao "doutor" que a fizesse vomitar aquela pílula e engolir uma mais fraquinha. Mas, explicou Caramujo, aquilo era "fala recolhida", que não podia mais ficar "entalada". Ela é conhecida por volta e meia "abrir sua torneirinha de asneiras", principalmente quando quer explicar algo de difícil explicação ou justificar uma ação ou vontade.
Além de falar muito, também costuma trocar os nomes de coisas ou pessoas por versões com sonoridade semelhante.

Emília é uma boneca de pano, recheada de macela. Em muitas histórias, ela troca de vestido, é consertada ou é recheada novamente.Narizinho também faz e refaz suas sobrancelhas (segundo Reinações de Narizinho) e seus olhos (que são de retrós e por isso arrebentam se Emília os arregala demais). Ela é capaz de andar e se movimentar livremente, porém muitas vezes é tratada por Narizinho como uma boneca comum e é "enfiada no bolso".

Por ser uma boneca, embora evolua e vire gente, Emília pode cometer impunemente pecados infantis como birra, malcriação, egoísmo, teimosia e espertezas. Diz o que pensa e quando leva bronca, finge que não é com ela. Não teme nada, apronta todas e é cheia de vontades.

Em A reforma da natureza, ela inventa o "livro comestível": "(...) Em vez de impressos em papel de madeira, que só é comestível para o caruncho, eu farei os livros impressos em um papel fabricado de trigo e muito bem temperado. (...) O leitor vai lendo o livro e comendo as folhas, lê uma, rasga-a e come. Quando chega ao fim da leitura, está almoçado ou jantado." Através da boneca, Lobato expressa a ideia de leitura prazerosa.

Livre de obrigações sociais impostas pela educação à criança, é ela quem melhor se define: quando Visconde lhe perguntou que criatura ela era, respondeu:"Sou a independência ou Morte". 

É uma boneca/menina muito inteligente, Bonita e Divertida. Não é nem um pouco tímida e pode conhecer e ficar amiga de pessoas rapidamente! Todos gostam de conversar e ficar perto dela!

Dentro das histórias do "Sítio", Emília foi biografada pelo Visconde de Sabugosa. Todo cheio de conhecimento enciclopédico, ele aproveita para dizer umas verdades sobre a boneca: "Emília é uma tirana sem coração. (...) Também é a criatura mais interesseira do mundo. (...) Só pensa em si, na vidinha dela, nos brinquedos dela".

Veja abaixo mais alguns hexágonos que fiz :

O Square Coração em crochet e a história do dia dos Pais

O Square Coração em crochet e a  história do dia dos Pais

O Square Coração em crochet e a  história do dia dos Pais

O Square Coração em crochet e a  história do dia dos Pais

O Square Coração em crochet e a  história do dia dos Pais

O Square Coração em crochet e a  história do dia dos Pais

Um feliz Dia à todos os Pais e coloco a minha criação com a ajuda do Coração criado pela Sônia Maria para enfeitar ainda mais esse dia, que também é o aniversário de uma pessoa muito especial...
Usei linha nas cores cinza chumbo,rosa e rosa bebê e ainda não fiz o gráfico deste meu Square, mas postarei assim que puder.
E um Feliz Dia dos País e um Feliz Aniversário ao meu Maridão...

E um Feliz Dia dos País e um Feliz Aniversário ao meu Maridão...

Mais alguns corações em crochet abaixo:


O dia dos pais no Brasil é comemorado no segundo domingo de agosto. Isso faz com que haja uma variação na mesma, caindo em dias diferentes.

A história mais conhecida em comemoração ao dia dos pais é a de William Jackson Smart, um ex-combatente da guerra civil que perdeu sua esposa quando os seis filhos eram ainda bem pequenos, criando-os sozinho. Sua filha Sonora Smart resolveu homenageá-lo, no ano de 1909, em razão da admiração que sentia, por este ter dedicado sua vida aos filhos e ter conseguido criá-los muito bem. A data escolhida foi a de nascimento de Willian, dezenove de junho.

Aos poucos a data passou a ser difundida a outras famílias da cidade onde moravam, no estado de Washington, sendo espalhada por todo país, até que o presidente Richard Nixon tornou-a oficial.

Porém, o primeiro registro de homenagem a um pai surgiu na antiga Babilônia, há mais de quatro mil anos, onde um jovem modelou e esculpiu um cartão para seu pai, desejando sorte, saúde e muitos anos de vida.

Nos Estados Unidos a data ficou estabelecida para ser comemorada no terceiro domingo de junho, assim como África do Sul, México, Canadá, França, Turquia, Venezuela, dentre outros. Na Austrália e Nova Zelândia a comemoração acontece no primeiro domingo de setembro; na Rússia, no dia vinte e três de fevereiro; na Tailândia, no dia cinco de dezembro; e na Itália, no dia 19 de março, dia de São José.

A data passou a ser comemorada no Brasil a partir de 1953. Várias entidades da imprensa se juntaram a fim de promover um concurso onde homenageariam três tipos de pais: o pai com maior número de filhos, o pai mais jovem e o pai mais velho. Os vencedores foram um pai com trinta e um filhos, um pai de 16 anos e um pai com 98 anos.

Ao se tornar pai, o homem passa a ter responsabilidades com seus filhos, devendo sustentá-los de forma digna, dar-lhes atenção, amor, carinho e proteção.

Segundo a Constituição Federal do Brasil, de 1988, o pai tem direito a cinco dias de licença após o nascimento de seus filhos, onde terá tempo para auxiliar a mãe do recém-nascido e fazer o registro do mesmo, em cartório.

O sucesso da comemoração dessa data é muito grande, movimentando bastante o comércio, pois os filhos oferecem presentes aos seus progenitores. Neste dia, os pais recebem atenção e carinho, tornando a data um dia diferente e muito especial para todos.

A Fita rosa em crochet e os cachorrinhos

A Fita rosa em crochet e os cachorrinhos


A Fita rosa em crochet e os cachorrinhos

A Fita rosa em crochet e os cachorrinhos

A Fita rosa em crochet e os cachorrinhos

Uma fitinha em crochet que pode ter mil e uma utilidades, eu usei essas fitinhas para enfeitar meus clipes, elas são muito fofas, e a receitinha é bem simples de fazer,...


Mandala em crochet Multicolorida com Realce de Gibelto Gil

Mandala em crochet Multicolorida com Realce de Gibelto Gil

Esta mandala está sem o gráfico para sua confecção, mas acredito que seja possível fazê-la no olhômetro, quanto mais colorida melhor...



Realce

Não se incomode
O que a gente pode, pode
O que a gente não pode, explodirá
A força é bruta
E a fonte da força é neutra
E de repente a gente poderá

Realce, realce
Quanto mais purpurina, melhor
Realce, realce
Com a cor do veludo
Com amor, com tudo
De real teor de beleza

Não se impaciente
O que a gente sente, sente
Ainda que não se tente, afetará
O afeto é fogo
E o modo do fogo é quente
E de repente a gente queimará

Realce, realce
Quanto mais parafina, melhor
Realce, realce
Com a cor do veludo
Com amor, com tudo 
De real teor de beleza

Não desespere
Quando a vida fere, fere
E nenhum mágico interferirá
Se a vida fere
Como a sensação do brilho
De repente a gente brilhará

Realce, realce
Quanto mais serpentina, melhor
Realce, realce
Com a cor do veludo
Com amor, com tudo 
De real teor de beleza


Almofada Mais Flor Colorida em crochet

Almofada Mais Flor Colorida em crochet

Almofada Mais Flor Colorida em crochet

Almofada Mais Flor Colorida em crochet

Essa almofada dá uma vida em qualquer poltrona e sofá, ela é diferente da que está na Internet,  gosto do processo de criação, como vivo dizendo, detesto seguir receitas, gosto de me deixar levar pelo artesanato, é questão de imaginação mesmo, esta é feita como uma flor que aumenta o número de pétalas, é trabalhosa, não vou mentir, mas o resultado é bem bonito.
Tenho outras Big flores e almofadas que fiz abaixo:

Capa de almofada feita com fio de linha de várias cores, em crochet , em um lado floral e no outro colorido em listas, não acompanha enchimento redondo.

Faça a sua encomenda na minha loja acessando o botão abaixo, ou envie uma mensagem para o meu Facebook ou ainda deixe um comentário.
Comprar este produto

Square em crochet Minion - fiéis ajudantes do Meu Malvado Favorito

Square em crochet Minion

Square em crochet Minion - fiéis ajudantes do Meu Malvado Favorito


Square em crochet Minion - fiéis ajudantes do Meu Malvado Favorito com grafico diagrams

Square em crochet Minion - fiéis ajudantes do Meu Malvado Favorito

Eu adoro os personagens do filme "Meu Malvado Favorito" e tive a ideia de fazer um square que irei usar para uma almofada e uma colcha, fiz com linha fina, acredito que ficará muito legal, ficou parecido?
O que acharam???

Princesa Indiana com Crochet e o colorido que a Índia é

Princesa Indiana com Crochet e o colorido

Princesa Indiana

Princesa Indiana com Crochet e o colorido que a Índia é




As origens da civilização se desenham no processo de ocupação territorial promovido por diversas tribos árias entre 2000 e 1500 a.C.. Antes disso, a civilização hindu foi responsável pela organização de uma vasta cultura repleta de artefatos que comprovam a presença de uma sociedade complexa dotada de uma agricultura extensiva, a realização de atividades comerciais e práticas religiosas próprias.

A partir desse evento temos a formação da civilização védica, que ganha esse nome por causa dos textos sagrados reunidos nos Vedas. Esta obra consiste em um conjunto de poemas e escritos atribuídos à Krishna, encarnação de Vishnu, uma das mais importantes divindades do povo indiano. Nele temos a presença de preceitos religiosos e também das regras sociais que justificam o sistema de castas indiano.

Segundo este sistema, o nascimento de uma pessoa em uma determinada família define a natureza de sua casta. Seguidores do princípio da reencarnação, os indianos relacionam a presença de uma pessoa em uma casta com a abnegação espiritual dela em suas vidas passadas. Na medida em que a espiritualidade é trabalhada, o indivíduo pode ocupar uma casta superior a cada encarnação.

Por volta do século VI a.C., um novo movimento religioso transformou o cenário indiano novamente. Segundo os códices indianos, nessa época, um príncipe chamado Sidarta Gautama abandonou sua vida de luxo e prazeres para experimentar uma vida ascética e centrada no fim do sofrimento humano. Com isso, escreveu os diversos princípios do Budismo, religião que se propagou em várias regiões do mundo Oriental.

Outras religiões como o islamismo e o jainismo também aprecem na trajetória da civilização indiana e demonstram a presença de uma historicidade em seu passado. Ao atingimos a era Moderna, observamos que outras civilizações ocidentais passaram a entrar em contato com a Índia. Os valiosos e diversificados produtos indianos chamavam a atenção dos mercadores europeus dos séculos XV e XVI.

Quando atingimos o século XIX, a entonação do contato com os europeus se transformou mediante as ações imperialistas tomadas pelo Império Britânico. Interessados em desenvolver sua economia e conquistar novos mercados, os ingleses promoveram um gradual processo de intromissão política na Índia. Com o passar do tempo, a dominação viabilizou uma forte tensão entre britânicos e indianos.

O fim da hegemonia britânica só ganhou força quando o líder Mahatma Gandhi empreendeu a organização de um movimento pacifista. Por meio da desobediência civil não violenta e a realização de discursos de grande impacto à população indiana, este líder político e espiritual conseguiu desarticular as justificativas e a ordenação do controle político sustentado pela Inglaterra.

Após atingir a independência, a Índia se envolveu com uma ainda não resolvida disputa territorial com os paquistaneses pela região da Caxemira. Além disso, a sua economia se adaptou às necessidades do capitalismo contemporâneo e, hoje, ocupa a condição de país emergente. Apesar disso, vemos que a Índia sofre com os vários dilemas que expõe as tensões entre a modernização ocidental e a perpetuação de suas antigas tradições.
Princesa Indiana com Crochet e o colorido que a Índia é


Princesa Indiana com Crochet e o colorido que a Índia é

Princesa Indiana com Crochet e o colorido que a Índia é

Princesa Indiana com Crochet e o colorido que a Índia é

Princesa Indiana com Crochet e o colorido que a Índia é

Princesa Indiana com Crochet e o colorido que a Índia é

Princesa Indiana com Crochet e o colorido que a Índia é

Um dos meus desejos futuros é conhecer o Taj Mahal, é um monumento belíssimo, mágico.
E você, gostaria de conhecer a Índia?