Case para celular em crochet

Case para celular em crochet

Case para celular em crochet
Case para celular em crochet eu fiz usando fio de algodão nas cores laranja e verde, botões de madeira pintados a mão e botões de acrílico, e usei agulha 2mm. É um ótimo presente para festas de amigo secreto do fim de ano.
Espero que gostem, e irei fazer um vídeo desta peça se vocês quiserem. Deixem comentários!!!

Mini cesta Cabeça de abóbora Jack

Mini cesta Cabeça de abóbora Jack

Mini cesta Cabeça de abóbora Jack

Mini cesta Cabeça de abóbora Jack

Mini cesta Cabeça de abóbora Jack foi feita com fio de algodão Charme nas cores laranja e verde, os olhos foram bordados com linha preta fina Cléa.
A cestinha foi feita para carregar os doces da noite de Halloween, que se comemora amanhã, dia 31 de Outubro.
O crochet nos possibilita criar uma gama de ideias, basta imaginar e então criar!!!

Abaixo eu coloco a lenda sobre o Jack, Cabeça de Abóbora:


“Um homem chamado Jack, um alcoólatra grosseiro, em um dia 31 de Outubro bebeu excessivamente e o diabo veio levar sua alma. Desesperado, Jack implora por mais um copo de bebida e o diabo concede.
Jack estava sem dinheiro para o último trago e pede ao Diabo que se transformasse em uma moeda. O Diabo concorda.
Mal vê a moeda sobre a mesa, Jack guarda-a na carteira, que tem um fecho em forma de cruz.
Desesperado, o Diabo implora para sair e Jack propõe um trato: libertá-lo em troca de ficar na Terra por mais um ano inteiro.
Sem opção, o Diabo concorda.
Feliz com a oportunidade, Jack resolve mudar seu modo de agir e começa a tratar bem a esposa e os filhos, vai à igreja e faz até caridade.
Mas a mudança não dura muito tempo…

No próximo ano, na noite de 31 de outubro, Jack está indo para casa quando o Diabo aparece. Jack, esperto como sempre, convence o diabo a pegar uma maçã de uma árvore.
O diabo aceita e quando sobe no primeiro galho, Jack pega um canivete em seu bolso e desenha uma cruz no tronco.
O diabo promete partir por mais dez anos.
Sem aceitar a proposta, Jack ordena que o diabo nunca mais o aborreça.
O diabo aceita e Jack o liberta da árvore.
Para seu azar, um ano mais tarde, Jack morre, e em seguida tenta entrar no céu, mas sua entrada é negada.
Sem alternativa, vai para o inferno.
Chegando lá, encontra o diabo, o qual ainda desconfiado e se sentindo humilhado, também não permite sua entrada, e como castigo, o diabo joga uma brasa para que Jack possa iluminar seu caminho pelo limbo. Jack põe a brasa dentro de um nabo para que dure mais tempo e sai perambulando.
Devido à esse acontecimento, sua alma penada passa a ser conhecida como Jack O’Lantern (Jack da Lanterna).”
Os nabos na Irlanda eram usados como “lanternas do Jack” originalmente, mas quando os imigrantes vieram para a América, eles descobriram que as abóboras eram muito mais abundantes que nabos. E então começaram à utilizar abóboras iluminadas com uma brasa por dentro ao invés de nabos.
Por isso a tradição de se fazer caricaturas em abóboras e iluminá-las por dentro com uma vela na época de Halloween.
Segundo a lenda, quem presta atenção e consegue ver uma pequena luz fraca na noite de 31 de outubro, é porque conseguiu ver a passagem de Jack procurando uma saída do limbo em que está preso.


E na Irlanda e na Escócia, as pessoas começaram a fazer suas próprias versões de Jack O'Lantern, esculpindo rostos assustadores em nabos e batatas e colocando-os em janelas ou portas de perto para afugentar Jack Miserável e outros espíritos errantes do mal. Na Inglaterra, beterrabas grandes são usadas. Os imigrantes destes países trouxeram a tradição Jack O'Lantern com eles quando vieram para os Estados Unidos. Eles logo descobriram que as abóboras, uma fruta nativa da América, era ótima para fazer as lanternas.

Xícara de Chá em crochet

Xícara de Chá em crochet

Xícara de Chá em crochet

A Xícara de Chá em crochet eu fiz com fio de algodão nas cores azul, rosa e branco, e usei agulha 2 mm, e ficou muito fofo. Este amigurumi pode ser alfineteiro, sachê,  chaveiro, e até mesmo objeto de decoração.Eu irei fazer um vídeo ensinando a minha Xícara de Chá em crochet.
Espero que gostem!!!

Tita Carré visitando a Associação de Artesãos de Gramado-RS

Associação Cultural de Arte e Artesanato Várias Artes


Em Setembro, eu visitei a Associação Cultural de Arte e Artesanato Várias Artes que está situada na Praça das Etnias, em Gramado, no meu Rio Grande do Sul, eu fui convidada a conhecer este espaço tão criativo pela minha amiga Katie Frank.
Os artesanatos são feitos por materiais variados, da madeira a lã, tudo muito colorido e bonito.  Os artesãos adoram usar e usam muito os materiais como tecidos e fios da Círculo.
Quando forem nesta cidade Serrana não deixem de visitar este espaço tão alegre para os olhos.

Abaixo coloco as artes de alguns artesãos da Associação:
Associação Cultural de Arte e Artesanato Várias Artes

























Responsáveis pela Associação:

Presidente: Rodrigo;
Vice: Samara;
Secretária: Lara
2ª Secretária: Priscila;
Tesoureira: Mari Raber;
2ª Tesoureira: Sônia;
Relações públicas: Katie Frank; 
Colaboradoras de relações públicas: Ana Pacheco e Danúbia.

Tita Carré no Treichel


Olá Gurias!!! Eu estarei ministrando uma oficina de Crochet no Treichel no dia 25 de Outubro - quarta-feira, das 14:00 as 17:00 - Espero vocês para crochetar!