Golão Rococó e os meninos de Cora Coralina

Golão Rococó  e os meninos de Cora Coralina

Golão Rococó  e os meninos de Cora Coralina

Golão Rococó  e os meninos de Cora Coralina

O Golão Rococó é feito com fio de lã que possui em seu fio rococós coloridos que tornam especial a sua malha. Super eleve e macio uma peça para toda hora.
Usei os pontos 3 malhas e 3 tricots e o comprimento que desejar.
O livro que usei é de uma escritora, que apesar de começar a escrever tardiamente, ela é brilhante. Adoro seus livros. Este livro faz parte da estante da minha Laura.

Abaixo coloco a sinopse e um pouco da vida da autora:
Golão Rococó  e os meninos de Cora Coralina


Sinopse do Livro Os meninos verdes de Cora Coralina:

A partir de duas plantas diferentes, no quintal da Casa Velha da Ponte, surgem criaturinhas estranhas. Como lidar com o diferente, com o novo? A escritora Cora Coralina, com a metáfora - os meninos verdes -, ajuda-nos a refletir sobre isso. Vovó Cora conta a seus netos o que ela chama de acontecido e não de uma história. 
De repente, seu Vicente, o jardineiro da Casa Velha da Ponte, deparou com uma situação incomum; no quintal, entre as plantas que nascem lá, boas e más, apareceram duas plantas diferentes. Quis arrancá-las, mas vovó Cora disse-lhe que as deixasse crescer. 
Depois de um tempo, sob as duas plantas, seu Vicente e vovó Cora, surpresos, encontraram seres vivos, com todas as formas de crianças em miniatura. O que fazer? Destruí-los? Escondê-los? Cuidar deles? A postura sem preconceito e compromissada de vovó Cora em relação à estranha realidade nos ensina a encarar com naturalidade situações inusitadas, a respeitar diferenças e a agir com responsabilidade e consciência.

Golão Rococó  e os meninos de Cora Coralina














Cora Coralina, pseudônimo de Anna Lins dos Guimarães Peixoto Bretas, (Cidade de Goiás, 20 de agosto de 1889 —Goiânia, 10 de abril de 1985) foi uma poetisa e contista brasileira. Considerada uma das mais importantes escritoras brasileiras, ela teve seu primeiro livro publicado em junho de 1965 (Poemas dos Becos de Goiás e Estórias Mais),quando já tinha quase 76 anos de idade.

Mulher simples, doceira de profissão, tendo vivido longe dos grandes centros urbanos, alheia a modismos literários, produziu uma obra poética rica em motivos do cotidiano do interior brasileiro, em particular dos becos e ruas históricas de Goiás.
Você pode saber mais visitando o site em 360 graus do Museu Casa de Cora Coralina.

8 comentários :

  1. Olá querida!!!
    Puxa que gola linda, esses fios coloridão dão um charme!!! Ameiiiii
    Ainda não li esse livro, mas realmente essa escritora é maravilhosa!!
    Beijosss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Nete, obrigada pelo comentário e pelo carinho e leia esse livro é muito bom, beijokas!

      Excluir
  2. Beautiful scarf, great yarn.
    Amalia
    xo

    ResponderExcluir
  3. Ótima dica de leitura.
    Obrigada pela visita e comentário. estou sempre por aqui.
    Grande beijo,
    Claudia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Claúdia, obrigada igualmente pela tua visita em blog, abraços e volte sempre!

      Excluir
  4. Olá Cláudia, amei o blog!
    Adorei a peça em trico e a dica de leitura.
    Já seguindo aqui.
    Beijos,
    Lauren
    http://www.aprendendocommamae.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Bom dia amiga!!!! Td bem??? Saudades, aqui foi correria total, quando um sara outro fica doente, dp fiquei sem pc, ufaaa agora acho que tudo passou...rsss assim espero!! Amiga suas peças são lindas, cada uma + que a outra!! Parabéns!! Eu amooo tricô
    Obrigada pelo sempre carinho viu amiga, fica com Deus e um dia abençoado!!

    Maga

    ResponderExcluir

Olá leitora, assim que puder respondo com muito carinho.
Obrigado pelo recadinho!!!